quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Para brasileiro ver – cartão vermelho para Suplicy

Onde andava o senador? Dormia? Enquanto o senado protagonizava uma das maiores vergonhas da história recente do país, ele andava quieto. Como quieto ficou nos episódio dos arquivamentos. Nos episódios, enfim, em que o PT rasgou sua história, e apadrinhou atos que em sua história jamais caberiam.

De repente, o senador acordou. Deu cartão vermelho para Sarney, depois que o jogo (combinado) acabou.

Senador: seria melhor ter ficado calado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário