segunda-feira, 29 de junho de 2009

Os escândalos do Congresso em 2009

 

Do site da Uol:

Os escândalos que envolveram o Congresso Nacional no ano de 2009. No site acima há, ainda, a matéria do jornalista Fernando Rodrigues sobre o assunto.

Assunto, aliás, que deveria ser do maior interesse da população. O que, infelizmente, não acontece. Lembro, ainda com estupefação, do final do último BBB, em que muitas pessoas se programaram para estar em casa para assistir. E, no dia seguinte, claro, os comentário do dia eram dominados pelo resultado. O mesmo não acontece com nossos representantes na democracia. Não os acompanhamos, não exigimos. Não nos indignamos mais. Delegamos essas manifestações para os jornalistas. Que, ainda bem, cumprem muito bem seu papel.

 

Escândalos de 2009 do Congresso Nacional

  • 01.Verba indenizatória secreta na Câmara e no Senado
  • 02. Castelogate, o deputado Edmar Moreira e sua segurança privada
  • 03. Agaciel Maia, diretor-geral do Senado, e sua mansão
  • 04. Horas extras nas férias para funcionários da Câmara e do Senado
  • 05. Chico Alencar (PSOL-RJ) contrata correligionário
  • 06. Diretor do Senado usava apartamento funcional para família
  • 07. Sarney utiliza seguranças do Senado no Maranhão
  • 08. Nepotismo terceirizado
  • 09. Tião Viana empresta celular à filha em viagem ao México
  • 10. Diretores no Senado: eram 181
  • 11. Assessora de Roseana Sarney também era diretora
  • 12. Renan emprega sogra de assessor no Senado, filho na Câmara e contrata aliado com verba indenizatória em Alagoas
  • 13. Filha de FHC trabalha de casa para senador
  • 14. Diretora de comunicação do Senado em campanha
  • 15. Deputado Alberto Fraga (DEM-DF) contrata empregada doméstica
  • 16. Deputado Arnaldo Jardim (PPS-SP) contrata empregada doméstica
  • 17. Deputado José Paulo Tófano (PV-SP) contrata empregada doméstica
  • 18. Tasso Jereissati (PSDB-CE) e os loucos por jatinhos
  • 19. Gráfica do Senado imprime material de campanha
  • 20. Funcionários do senador Adelmir Santana (DEM-DF) prestam serviço a vice-governador
  • 21. Ministro Hélio Costa (PMDB, Comunicações) usa serviço de secretária paga pelo seu suplente no Senado, Wellington Salgado (PMDB-MG)
  • 22. Terceirização irregular no Senado
  • 23. Deputado Fábio Faria (PMN-RN) pagou viagens para Carnatal, inclusive para Adriane Galisteu
  • 24. Ministros-deputados usam passagens da Câmara
  • 25. Deputados fazem viagens internacionais pagas pela Câmara
  • 26. Câmara e Senado perdoam todos os delitos da "farra aérea", fingem cortar gastos e ensaiam reduzir passagens para familiares
  • 27. Viúva do senador Jefferson Péres (PDT-AM) recebe sobra de passagens em dinheiro
  • 28. Ministros do Supremo Tribunal Federal entram na cota de passagens da Câmara
  • 29. Senador Gerson Camata (PMDB-ES) acusado de uso de caixa dois
  • 30. Delegado Protógenes Queiroz voou com passagens do PSOL
  • 31. Membros do Conselho de Ética usaram passagens e ajudam financiadores de suas campanhas
  • 32. Fernando Gabeira (PV-RJ) deu passagens para família ir ao exterior e contratou mulher com verba indenizatória
  • 33. Michel Temer (PMDB-SP), presidente da Câmara, também usou passagens para "familiares e terceiros"
  • 34. Ministro do TCU Augusto Nardes (ex-deputado) voa na cota do deputado Otávio Germano (PP-RS)
  • 35. Câmara pagou 42 passagens para ex-diretor do Senado João Carlos Zoghbi e família
  • 36.Senado paga motorista de ministro Hélio Costa (Comunicações) em BH
  • 37. Ciro Gomes (PSB-CE) reage à reportagem sobre passagens com xingamentos
  • 38. Gabinetes da Câmara negociam bilhetes de deputados com agências
  • 39. Senadores têm seguro saúde vitalício para a família
  • 40. Senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) usou assessor do Senado para compras particulares
  • 41. Ex-diretor de RH do Senado João Carlos Zoghbi usava empresas de fachada
  • 42. Deputado Eugênio Rabelo (PP-CE) usa cota aérea com time de futebol
  • 43. Deputados "clonam" prestação de contas
  • 44. Deputado Geraldo Resende (PMDB-MS) pagou com verba indenizatória advogado que atuou em sua defesa no TSE
  • 45. 117 ex-deputados tiveram passagens aéreas pagas pela Câmara
  • 46. Senador Magno Malta (PR-ES) passou quatro dias em Dubai com dinheiro do Senado
  • 47. Senadores Alvaro Dias (PSDB-PR), Geraldo Mesquita (PMDB-AC), Paulo Paim (PT-RS) e Osmar Dias (PDT-PR) usaram cota para voos ao exterior
  • 48. Senador Renan Calheiros (PMDB-AL) cedeu passagens a primo e a 2 assessores
  • 49. Senador Eduardo Suplicy (PT-SP) deu passagem para namorada ir ao exterior
  • 50. Senadores vivos 'ganham' ruas e avenidas em reduto eleitoral
  • 51. Funcionário preso do Senado recebeu salário por 5 anos
  • 52. Senado pagou 291 passagens para ex-senadores e até para dois senadores já mortos
  • 53. Câmara paga piloto de avião de ministro Geddel Vieira Lima (PMDB, Integração)
  • 54. Câmara paga 8 voos para investigado pela PF que é colaborador do empresário Fernando Sarney
  • 55. STF abre processo contra deputado acusado de atentado violento ao pudor
  • 56. Auxílio-moradia para comprar apto. E para quem não precisa: deputados Alexandre Silveira (PPS-MG) e Rita Camara (PMDB-ES) e senadores Gerson Camata (PMDB-ES), José Sarney (PMDB-AP), João Pedro (PT-AM), Cícero Lucena (PSDB-PB) e Gilberto Gollner (DEM-MT)
  • 57. Efraim Morais (DEM-PB): 52 funcionários fantasmas e carro oficial para uso particular
  • 58. Servidor do PMDB no Senado que ganha R$ 15 mil mensais dá expediente em loja de móveis
  • 59. Funcionário envolvido em operação da PF é indicado para comissão no Senado
  • 60. José Sarney tem amigos, aliados e parentes contratados pelo Senado
  • 61. Senado usa mais de 600 atos secretos para criar cargos
  • 62. Senado indeniza empresa suspeita de irregularidade com R$700 mil
  • 63. Deputados ignoram regras da Câmara para pagar alimentação
  • 64. 350 funcionários do Senado têm salário maior que o de ministros do STF
  • 65. Valdir Raupp (PMDB-RO) aprova concessão de rádio que tem como sócio seu assessor
  • 66. Neto de Sarney opera no Senado crédito consignado, que é alvo da PF
  • 67. Fernando Collor (PTB-AL) usa verba indenizatória para vigiar Casa da Dinda e comprar quentinhas
  • 68. Nova diretora de RH do Senado entrou no emprego em trem da alegria
  • Nenhum comentário:

    Postar um comentário