quarta-feira, 11 de junho de 2008

Coragem

Há uma máxima que diz que coragem não é não ter medo. É saber enfrentá-lo.

De vez em quando, o medo bate, é normal que seja assim. O medo nos direciona, nos disciplina, nos preserva. Ayrton Senna dizia que:
O medo faz parte da vida da gente. Algumas pessoas não sabem como enfrentá-lo. Outras, acho que estou entre elas, aprendem a conviver com ele e o encaram não de forma negativa, mas como um sentimento de auto preservação.
Às vezes, precisamos enfrentá-lo, mesmo que não estejamos preparados. É exatamente pelo instinto de preservação, ou a ambição, ou - paradoxalmente - o medo do comodismo. Precisamos tomar partido, precisamos arriscar, precisamos dar palpite. Precisamos dar um passo à frente - ou para trás. Enfim, precisamos abrir o peito para a vida, e vivê-la, pagando os preços ou colhendo os frutos.

Quando o medo nos paralisa, a pior decisão é não decidir. Decidir não fazer nada é uma decisão, mas deixar de decidir é omissão. É inação. É fuga, é a vitória do medo.

Podemos tomar a rédea de nossas vidas.

Esta música da Vanusa sempre me impressionou pela atitude nela contida, reafirmada pelo seu tom de voz .

Vanusa - Mudanças



Este post fora de hora e fora de contexto é um recado, dirigido a mim mesmo. Se você não entendeu nada, não tem problema. Curta a música, faz muito tempo que ela está fora das paradas. Se você entendeu, me explique, ainda estou tentando...

Nenhum comentário:

Postar um comentário