segunda-feira, 5 de maio de 2008

Sem assunto...

Uma amiga me disse que queria saber mais do meu dia neste espaço. Acho que não consigo dar a ela o que ela quer.

Outra amiga me disse que sou prolixo. Provavelmente está certa. E, para ela, talvez eu não consiga deixar de sê-lo.

O fato é que não falo de mim. E, se falo, o faço por metáforas, por alegorias, por músicas que expressam, de alguma forma, pelas letras ou pela memória emocional, o que senti no decorrer dos dias. E minha hiperatividade me leva a fazer conexões múltiplas, muitas, daí a prolixidade.

Não consigo deixar de falar num determinado assunto sem ver milhões de outros relacionados, e daí minha conversa se transforma numa conversa alucinada que mistura alhos e bugalhos, pretendendo ser lógica.

Aquela amiga que queria saber mais de mim só vai ficar mais curiosa. E a outra vai me achar cada vez mais prolixo.

Este blog, que nasceu para ser uma diversão, está realmente divertido. Dedilho aqui meus dias, pelo menos como os compreendo, mandando mensagens a ninguém a a todo mundo, e me expressando quando e como quero. Faço homenagens, desagravos, procuro não ofender. Mas estou me manifestando. Isto é certo.

Mostrando pouco de mim, e muito, muito prolixamente, reconheço...

Nenhum comentário:

Postar um comentário