domingo, 27 de abril de 2008

Fim de festa, the dream is over...

Sempre associo as frases de Luther King e John Lennon. Numa associação indesejada, mas inevitável.

I have a dream.
Martin Luther King.

The dream is over.
John Lennon

As coisas com as quais sonhamos nem sempre são concretizáveis. Nem sempre viram verdade. Quando nos perdemos naquelas ações que dependem de outras pessoas, não temos como negar a incurável verdade. Quando dependemos de nós, só nos resta começar de novo. E de novo, e de novo, e de novo... até quanto baste à nossa persistência.

Não dou murros em ponta de faca. A não ser que ache que o ideal valha a pena. Algumas vezes, por quimeras, desperdiço muitos socos. Mas continuo, porque o sonho nos define, e nos dá razões para viver. Se o impossível nos assustasse, talvez não fosse possível ir à lua.

Acredito na razão, mas acredito ainda mais na possibilidade do ser. Que não é pau, que nasce torto...

Simone...

Nenhum comentário:

Postar um comentário