sábado, 24 de novembro de 2007

Ainda sobre o aborto

Com a atual discussão sobre o aborto, fica uma questão: onde serão feitos se legalizados?

É preciso lembrar que há filas de meses para uma simples consulta. Se para consultas demora-se dessa forma, como seria para agendar um aborto?

A discussão, no Brasil, está brava. Mas não quer dizer que a decisão será obedecida...

Mas a posição, independente de posição religiosa, deve levar em consideração o custo para o estado dos resultados indesejados do aborto feito em condições precárias. Legalizar o aborto seria, no mínimo, uma medica econômica do estado que se diz laico.

Outra coisa bem diferente é ser contra ou a favor do aborto em si. Mas esta é uma questão pessoal, a que aderem as pessoas que acreditam na causa. Assim sendo, repito, quem não aceita o aborto que não o faça. Ou melhor, que não precise dele. Mas não podemos impor a ninguém nossas crenças.

Isto posto: sou a favor da legalização. Embora seja contra o aborto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário