segunda-feira, 10 de setembro de 2007

Excipiente q.s.p

Excipiente: substância inerte incorporada como veículo a certos medicamentos (Houaiss).
Q.S.P.: em Quantidade Suficiente Para... 1g (um grama), por exemplo.

Há pessoas e há pessoas. Como diria o sábio, uma coisa é uma coisa, e outra coisa é outra coisa.
Mas as diferenças entre atitudes são tão contrastantes que às vezes chocam.

Algumas pessoas, à frente de um obstáculo, enxergam uma oportunidade. Uma chance de, vencendo-o, aprender como vencê-lo.

À frente do mesmo obstáculo, outras pessoas preferem vê-lo como isto mesmo: um obstáculo. Sua ação: reclamar, reclamar, reclamar. Não há que dizer desistir, pois só desiste quem tenta. E os obstáculos viram muros de lamentações.

Costumo dizer que pessoas são iguais, exceção feita a uns poucos. Estes são os líderes, o princípio ativo da humanidade. As demais são a boiada, a massa de manobra, infelizmente. São o excipiente q.s.p., que em farmacologia é aquele material inerte que é adicionado para totalizar um determinado peso, por exemplo. Significa "em quantidade suficiente para..." 1g, por exemplo.

A humanidade tem alguns que são princípio ativo. Fazem a diferença. E outros que somente estão passando, perpetuando-se pelos filhos, não pelas realizações.

Claro que não foi a humanidade que me motivou a escrever este texto estúpido. Foram exemplos dados por pessoas que enxergam somente o copo meio vazio (outro clichê meu). À frente de uma grande oportunidade de crescer, profissionalmente e financeiramente, entregam-se à comodidade, escondem-se na sua zona de conforto. A que preço!

Quando me deparo com uma dessas pessoas, costumo perguntar: - qual é o problema? E, em referência à questão apresentada, replico: - e o que precisamos fazer para resolver?

Esta abordagem tem efeito profundo em algumas pessoas. Que, pelo exemplo, conseguem se reposicionar perante várias das exigências da vida. Mas, para outras, não passa de um discurso irritante, sem objetivo.

Enfim, lamento por uma característica que é humana. O que é um contra-senso. Mas é um sentimento que nos invade quando vemos que, para ajudar algumas pessoas, precisamos esperar que ela se ajude. O que nem sempre acontece.

Sim, sou um idealista. Espero que a vida não tire isto de mim.

Update em 23/09/2009: destaquei em vermelho o significado por causa da grande quantidade de acessos gerados para saber o que é "excipiente qsp".

26 comentários:

  1. Cara...
    eu estava apenas procurando o significado de "excipientes q.s.p" e fui encontrar isso no seu blog. E, agora o mais curioso é que descobri que seus pensamentos e as palavras que os transcrevem são além de interessante, são também tocantes. Obrigada por expor e dividir seus conhecimentos!!
    Um grande abraço,
    Silvia

    ResponderExcluir
  2. Oi, Sílvia. Obrigado pelas palavras gentis.
    Pena que este espaço é nada interativo. Mas é somente um "livre pensar, é só pensar".
    Volte sempre

    ResponderExcluir
  3. Trabalho numa empresa farmacêutica e estava procurando uma maneira fácil de explicar para os operadores daqui o significado de "excipientes" ... MARAVILHOSO!!! PARABÉNS!!!! E muito obrigada. rs

    ResponderExcluir
  4. Obrigado pela visita, e pela gentileza.

    ResponderExcluir
  5. Oi,
    Eu também estava pocurando o significado de "excipiente q.s.p". Me parece que eu precisava ouvir isto. Que puxão de orelha...
    Eu estou desanimada e medrosa mas, preciso deixar de ser!!!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Espero, sinceramente, que seu medo e desânimo sumam. Algumas vezes, temos esses sentimentos que nos são impostos pelas circunstâncias (e/ou pessoas). Mas como são sentimentos, isto é, pertencem a nós, algumas vezes precisamos dar uns tapas neles e mostrar quem é que manda.
    Fique bem, obrigado pela visita,

    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Alterei o texto, destacando a definição no seu início, tendo em vista a grande quantidade de acessos procurando por essa definição. Assim, contribuindo para a celeridade da rede e deixando o papo-furado em segundo plano, a mudança atende aos que anseiam por mais informação e menos enrolação...

    ResponderExcluir
  8. VAI LAVAR UM TANQUE DE ROUPA!

    ResponderExcluir
  9. Ok, Anônimo(a). Desculpe se o(a)incomodei com as palavras, e, assim, mereci o encaminhamento...

    ResponderExcluir
  10. Okano não contribua para o povo entrar pelo cano,definindo-o como q.s.p.Não são as lideranças que fazem e conduzem os povos,mas exatamente o codntrário pois, no tempo ilimitado do desenvolvimento humano e principalmente social, os líderes nascem das massas porque seus dons são gerados no ambiente em que nascem vivem e aprendem com seus antepassados que,por sua vez,já aprenderam com outros que estiveram no planeta antes deles e, assim, vai seguindo a humanidade com aperfeiçoamentos constantes vindos da prática cotidiana.Nesta sequencia a genética inicia seu lugar,marca um grãozinho no DNA de cada um de nós e, aí, podem sugir,virtuosos,literatos,poetas,artistas.. e líderes.Sem "q.s.p" nunca haverá líder.Dentro do povo,como Você,existem inúmeras cabeças pensantes que não são líderes e nem estão em destaques,mas pensam de modo singular e genial que merecem,às vezes, correções de percusos.Se um dia a liderança desaparece a massa do povão continuará existindo para gerar outro líder...

    ResponderExcluir
  11. É verdade, o componente cultural é fundamental nesse tipo de comportamento. O que nos leva à famosa dúvida existencial: o homem é fruto do meio, ou é o inverso?
    Em análise bem rápida, digo que o meio interfere no desenvolvimento humano, claro, inclusive comportamental. Mas se o homem, decidido e decisivo, resolve sair do movimento inercial, ele altera o meio ao seu gosto.
    E os líderes, emergentes, estabelecidos, latentes, devem mesmo ser os provocadores e catalizadores dessas transformações.
    Ninguém é excipiente q.s.p. Ninguém precisa ser. Mas poucos são os que saem da apatia.

    Grato pela participação, Yoman.

    Abs

    ResponderExcluir
  12. A luta é constante interiormente,temos que perseverar sempre,se cair 1 levante 2.

    ResponderExcluir
  13. Sim. Cair, às vezes. Levantar, sempre!

    ResponderExcluir
  14. Renato adorei seu texto,estava apenas procurando um significado e me deparei com uma realidade que não esperava.

    Rejane Moura

    ResponderExcluir
  15. Olá Okano, parabéns pelo texto. Procurava por uma coisa e achei duas. Abraços Haroldo Morais

    ResponderExcluir
  16. Oi, Rejane. Obrigado pela gentileza, volte sempre.

    ResponderExcluir
  17. Olá Haroldo.

    Espero que tenha gostado. Obrigado pela visita e pelas palavras gentis.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  18. Olá Okano,

    Gosto de ver mentes pensantes e questionadoras. Muito interessante as colocações e mais brilhantes as reflexões que as mesmas geram. Posso dizer que causaram em meu cérebro um "excipiente q.s.p" - em quantidade suficiente para dar-lhe os PARABÉNS!!!

    Falar, muitos sabem. Transmitir um conhecimento poucos conseguem.

    Att.

    ResponderExcluir
  19. Obrigado, fico feliz que tenha gostado. E grato pelas gentis palavras.

    Abraço

    ResponderExcluir
  20. Nada melhor que um texto inspirador numa manhã de segunda-feira, ainda mais quando você estar super pra baixo,,, me ajudou muito ,,,,, abrigado....
    Cleyson Araújo.

    ResponderExcluir
  21. Poxa, eu só queria saber o que era excipiente, mais depois de tanto texto até bonito por sinal me vem na tela "Pegadinha do malandro" ou seja, não consegui extrair um simples explicação sobre o que é excipiente QSP.

    ResponderExcluir
  22. Parabéns meu caro. Certo dia participei de um encontro e no discurso uma jovem que se dizia Sra. das coisas, pronunciou esta palavra. Aquilo me soou mal pra caramba, devido ao contexto.
    Levei à discussão com alguns colegas, e fui pixado. Agora posso discutir com propriedade, a gafe daquela garota e a ignorancia dos demais.
    Grato e sucesso.

    ResponderExcluir
  23. Até agora, a análise mais sensata e genial que li foi a do(a) Yoman. Quero só frisar que não sou nem nunca fui massa de manobra. Pelo menos, quando percebia as intenções de quem queria fazê-lo, sempre me rebelei e me impus. Mas esse "discursinho" de líderes é batido e retrógrado. Como se todos tivessem que nascer para liderar. Os líderes não seriam ninguém se não fossem os liderados. De mais a mais, Hitler e Stalin também foram lideres e, a despeito disso o QI deles era discutível. Alguns líderes simplesmente tem um discurso oportunista que vem a calhar com as necessidades das massas. Esse discurso de que todos tem que ser líderes é o que leva as pessoas a uma competição desenfreada e nada saudável, gerando muitas vezes a inveja, as tramóias dos que desejam "vencer" a todo custo. ´Nada contra os líderes, mas respeite os que não tem vocação para liderar. Conheço muitos assim que são excelentes profissionais, intelectuais, etc. Em geral, o líder está tão preocupado em liderar que esquecem de ser bons profissionais, bons pais, bons amigos, boas pessoas... Parabéns Yuman pelas sábias palavras. Antes que seja catalogada como q.s.p. devo frisar que sou realizada profissionalmente (reconhecida publicamente) e muitas vezes chamada a liderar os grupos aos quais pertenço, portanto, não se trata de recalque...

    ResponderExcluir
  24. Eu apenas estava querendo entender o que é excipiente QSP 1cps, continuei sem entender. Mas o seus pesamento é interessante. Primeiro já voltando no passado quando Moisés foi ordenado á conduzir aquele povo, porque eles não tinham condições de se manter sozinhos e ter decisões, precisavam de um líder. Segunda é difisil ajudar as pessoas se ela não se ajuda.

    ResponderExcluir
  25. Um pouco de filosofia:
    A experiência quotidiana nos ensina que, para compreendermos corretamente o que se passa no mundo que nos cerca, devemos nos guiar por um sistema realmente científico de interpretação da vida, do mundo em seu conjunto, de nosso lugar no universo e dos fenômenos e acontecimentos. O homem precisa de tal sistema de apreciação do mundo, de tal compreensão do mundo, não somente para explicar as causas dos acontecimentos em geral, como também para determinar seu próprio lugar no mundo e saber como pode influenciar ativamente tais acontecimentos, tornar-se um participante ativo da luta emancipadora que se trava em nossos dias. Isto é, para compreendermos os acontecimentos que se passam em torno de nós, devemos nos guiar por uma concepção correta do mundo, que tenha a soma total das interpretações da vida e do mundo em seu conjunto. A filosofia nos dá precisamente tal conhecimento. E isto quer dizer que os construtores duma nova vida também precisam, tanto quanto do ar que respiram, de conhecimentos filosóficos, além de outros conhecimentos. Quem estuda a filosofia cultiva a curiosidade intelectual, amplia seu horizonte mental e adquire uma atitude consciente em face de tudo que se passa no mundo que nos cerca. Não é sem razão que a palavra filosofia, no grego antigo, significa amor à sabedoria, aos conhecimentos. Todavia, nem a filosofia assegura uma interpretação científica do mundo. Alguns filósofos deturpam os fatos que ocorrem no mundo e por isto nem toda filosofia pode servir de guia para a vida, porque nem todas as interpretações do mundo são corretas. A interpretação científica do mundo é fruto de uma filosofia científica. A experiência mostra que somente adquirindo um conhecimento filosófico científico, o homem chega a uma firme convicção e defende com confiança os interesses dos povos e a liberdade e independência de seu pais. E essa convicção de justeza de suas concepções leva o homem a realizar grandes feitos, em nome da paz e da felicidade do mundo.Se se interessar tem mais.
    Abraço.ç

    ResponderExcluir
  26. Renato, eu também entrei aqui para saber como usar a expressão q.s.p. (já sabia o significado), mas me deparei com seu texto superinteressante, uma grata surpresa! Ou, para fazer um trocadilho: q.s.p. = que surpresa preciosa!

    Obrigado por suas palavras, que nos fazem refletir e evoluir na maneira de ser. Conforme sua resposta para o "Yoman", ninguém precisa ser excipiente, mas a maioria - por comodidade - escolhe ser. Resumindo, cada ser no Cosmos está no seu nível evolutivo, porém com o dever de "subir".

    Abraços. Alexandre.

    ResponderExcluir