segunda-feira, 3 de setembro de 2007

Bode na sala

Hoje no aeroporto de Congonhas o movimento já estava maior. Mais gente pelas alas, mais movimento em geral.

Passeando pelo saguão, fiquei imaginando como é que sobreviveriam as lojas ali existentes. São lojas de roupas, presentes, importados, livros e revistas... Ali, esperando os compradores. Falência certa?

Acho que não. Talvez o maquiavelismo seja meu. Mas acho que esse esvaziamento é só temporário. E o aumento vai acontecer aos poucos. De conta-gotas, ninguém vai perceber o aumento, pois não será repentino. E, assim, protege-se os interesses daqueles que ali tem lojas e investimentos...

Talvez seja somente uma má idéia de minha parte. Mas depois de ver e-mails de uma diretora da ANAC combinando ações com as companhias aéreas, acho que a teoria da conspiração é um simples conto de fadas. A encrenca é brava.

Bem, aos poucos, tudo voltará ao ponto de onde saiu. E ninguém mais clamará contra o movimento, contra os riscos e perigos, contra a baderna. É a história do Brasil.

No fim, mudou-se para não mudar.

Um comentário:

  1. Também estava pensando a mesma coisa...
    Mas acho que como tudo, vai acabar em pizza e voltar ao "normal".
    Como tudo aqui no Brasil, vai cair no esquecimento....

    ResponderExcluir