quarta-feira, 23 de maio de 2007

Trabalho em equipe

Trabalhar em equipe nem sempre é fácil. Ao contrário, é muito difícil. Embora o discurso padrão seja trabalhar dessa forma, na prática não é o que acontece.

Trabalho em equipe exige confiança, que é um componente raro nos dias de hoje. Exige comprometimento, exige doação. Exige um perfeito conhecimento do par, dos pontos positivos e negativos. E exige uma complementaridade que nossa cultura não permite apreciar.
Porque somos todos "doutrinados" a procurar iguais. Iguais em reações, filosofias, pensamentos, metas, gostos. Como se os iguais pudessem se complementar. Não podem.

Quem ganha com as uniões, ganha nas diferenças. É no modo de ver alheio que apuramos o nosso próprios. É nos expondo às coisas que nunca apreciamos, ou tivemos oportunidade de apreciar que conheceremos mais a fundo outras facetas, outros lados da vida.

Quem se soma a iguais adquire a estabilidade do lago sem ondas. Então, o futuro é uma estagnação. Já quem se soma a diferentes, ganha as cores da vida. Abre seu mundo a outros, e se abre ao mundo dos outros. Os diferentes se atraem na física, deveria ser assim na vida.
Mas, nessa nossa vida, paciência anda curta com os diferentes. Olhar com nossos olhos, é o que desejamos. E que os outros olhem também com nossos olhos.

O trabalho em equipe supera, ou deveria superar isto. É quanto uma pessoa se cerca de outras, com habilidades e pontos de vistas diferentes, para se completar. E, circunstancialmente, cada qual assume o leme nas diferentes necessidades com que nos deparamos, de acordo com sua particular facilidade.

É preciso entrega, confiança, e muita, muita fé na natureza humana.

O vídeo abaixo nos apresenta um delicioso trabalho em equipe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário