quarta-feira, 23 de maio de 2007

23 de Maio

Para fazer jus ao título deste blog: uma efeméride que merece ser destacada.

Muita gente que anda por São Paulo atravessa a cidade pela Av. 23 de Maio. É uma das principais artérias, e um indicativo do estado de movimentação da capital paulista.
O que pouca gente sabe, ou lembra, é que a avenida é uma homenagem às quatro primeiras vítimas do movimento que resultou na revolução constitucionalista de 1932.

Os paulista, insatisfeitos com os rumos da economia e política, e insuflados pela imprensa, foram às ruas em 23 de maio de 1932 e ali enfrentaram as forças nacionais. Morreram no choque Martins, Miragaia, Dráuzio e Camargo, cujas iniciais formaram a sigla MMDC, ícone da revolução.

Sem entrar no mérito da questão que levou às manifestações e a revolução, basta dizer que as forças paulista foram derrotadas pelas forças federais. Mas dois anos após o movimento, foi promulgada uma nova constituição, como queriam os paulistas.

É um evento tipicamente paulista. Outros estados, esperados a juntar-se ao levante, não o fizeram. Mas é um pedaço importante de história do estado e do país.

Está lembrado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário