terça-feira, 17 de abril de 2007

Saúde gratuita?

O SUS, Sistema Único de Saúde, é o chamado atendimento gratuito do Brasil. Isto é certo?

Claro que não.

A constituição coloca saúde e educação como responsabilidades do estado. Imagina, por isto, que o estado deva oferecer sem contrapartidas os serviços médico-hospitalares.

A verdade é que os serviços são cobrados, e bem cobrados, e pagos, muito mal pagos.

A cobrança é feita através da mostruosa carga tributária do país, uma das maiores do planeta. E o pagamento é feito a partir de tabelas SUS, das mais desqualificadoras também do planeta.

Quando compramos qualquer coisa, está embutido um imposto. De imposto em imposto, o governo tem todo um tesouro nacional à disposição. Com todo esse dinheiro, é compreensível que queira primeiro comprar um avião, depois fazer propaganda de si próprio, depois aumentar salários de heróis...e no fim, lá no fim da fila... não, ainda não é a saúde.

A arrecadação da CPMF no ano passado foi de trinta e dois BILHÕES de reais. Quanto foi investido em saúde? Quanto foi realmente alocado no motivo da criação da CPMF, objeto de discursos e articulações de um muitíssimo bem intencionado Adib Jatene?

A tristeza é que o presidente, um metalúrgico, não precise se submeter ao atendimento do SUS. Hoje ele vai a hospitais de primeira linha, tem médico particular, é atendido em "casa"... Tivesse memória, lembraria do atendimento a que já teve de se submeter. Tivesse sensibilidade, veria o tratamento que muitos irmãos seus (irmãos mesmo, mesmo pai) precisam enfrentar. Se o problema do Lula (quando era do povo) e dos irmãos (ainda povo) não o sensibilizam para o assunto, o que poderia?

Hoje, Mário de Andrade de verdade:

"muita saúva e pouca saúde, os males do Brasil são".

Como é irresistível, parafraseio: "muito imposto e pouca responsabilidade..."

Como ainda alguém pode chamar o sistema SUS de gratuito? Aonde vai o dinheiro dos impostos do brasileiro? Será que seriam suficientes para melhorar saúde, educação e segurança?

Será que alguém está preocupado? Você, que paga seu plano de saúde e seus impostos, está preocupado?

Nenhum comentário:

Postar um comentário