sexta-feira, 9 de março de 2007

O Novo Congresso

Vamos fazer justiça: o congresso está trabalhando. Pode ser um espasmo, mas pode ser uma característica deste novo congresso.

A verdade é que o fator "João Hélio" parece ter tido o condão de resultar em ações positivas sobre o tema da punição dos criminosos.

Algumas ações foram tomadas ontem (7/3/07):
- aprovação da utilização de vídeoconferência na audiência de acusados que estejam presos. Até então, o deslocamento custava muito aos cofres públicos, além dos riscos de um ataque por parte dos comparsas ao comboio. Com os avanços na informática, já era mais do que hora para uma medida destas. Este projeto foi aprovado pela Câmara dos Deputados e agora segue para análise/votação do Senado.

- Projeto que dificulta a progressão da pena para quem tenha sido condenado por crime hediondo. Ou seja, para ir alçando os regimes de pena, do mais severos aos mais brandos, os autores de crime hediondo deverão esperar mais tempo.

- O outro, que eu achei mais inócuo, torna falta grave a utilização, por um preso, de telefone celular ou outro meio de comunicação.

Estas duas últimas ações foram da Comissão de Justiça do Senado Federal, e agora vão a votação em plenário.

Entre nós: se já não tiram o celular do preso, por que é o iriam denunciar? Esta é uma medida boba, mas vamos acreditar que seja uma bobeira inocente.

Em poucos dias, uma mobilização já com resultados.

Vamos esperar ue essa seja a cara da nossa nova representação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário