sábado, 3 de março de 2007

A novidade e as facilidades dos serviços web

Nunca fui fã do Google. E também nunca fui fã da Microsoft, embora reconheça que seus produtos se tornaram padrão de mercado, obrigando todos a utilizá-los. E com muitos recursos, há quem os utilize somente para fazer o básico.

Pois bem, para fazer o básico tenho utilizado os serviços Google. Com muitas vantagens. Como os arquivos ficam em algum ponto da web, não importa onde eu ou meus colaboradores estejamos, temos acesso completo a eles.
Para quem trabalha com várias fontes de informação, esse poder de colaboração é essencial. Basta autorizar (indicando o e-mail) da pessoa, e ela automaticamente passa a poder alterar seus arquivos, compartilhar seu calendário, ver e mexer em suas planilhas, navegar pelas suas fotos, etc, etc, etc.

Se é um documento que você quer "blogar" (neologismos em tempos de internet), o Google Textos e Planilhas o posta automaticamente. Se precisa de revisões, ele pode ficar hospedado até que alguém o atualize. Ou ele fica somente arquivado, o que é outra facilidade desse tipo de serviço.

Ok, o serviço ainda está em evolução. Mas é bem melhor do que minha velha briga: se estou no desktop, preciso sincronizar com o notebook e vice-versa. Não é tão trabalhoso, mas à vista do arquivamento na web é.

A novidade é que a Google está ameaçando rincões até então dominados sem concorrência pela Microsoft. Com uma vantagem gigantesca: é gratuito. Ao menos por enquanto. Será que a Microsoft se anima a baixar os preços, ou a oferecer uma solução compatível? Duvido.

Recentemente, ao planejar um churrasco, fiquei maravilhado com as facilidades dos programas. Da planilha pude fazer uma planilha de convidados, com informações sobre acompanhantes, sexo, idade, confirmação de presença, etc., para colaboração dos envolvidos. O Google Agenda permite mandar os convites pelos e-mails, com gerenciamento de respostas e lembretes. E o mapa da chácara foi publicado num endereço automático, fornecido aos convidados e retirado do ar logo após o evento. Fantástico, não?

Agora, animado com essas descobertas, estou pesquisando mais. A tal da Web 2.0 realmente é poderosa, veio para ficar.
Vamos torcer para que ela se desenvolva ainda mais, e de novo transforme o nosso jeito de fazer as coisas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário